terça-feira, 30 de agosto de 2011

IV Concurso de Redação do Senado é lançado em nossa escola





Uma equipe da Secretaria de Educação e do Gabinete do Senador Jorge Viana esteve em Tarauacá para a divulgação do IV concurso de Redação do Senado. O público alvo são os estudantes da Escola de ensino Médio Djalma Batista.

O Gabinete do Senador e a Secretaria de Estado de Educação estão empenhados em incentivar a participação de estudantes do Acre no concurso.

O Brasil que a gente quer é a gente quem faz

Apresentação - A nova edição lança o tema “O Brasil que a gente quer é a gente quem faz”, um convite à reflexão sobre o processo democrático e o exercício da cidadania. São convidados a participar os alunos do 2º e do 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas estaduais e do Distrito Federal, com idade de 16 a 19 anos.

Serão escolhidos os melhores textos em três momentos: na escola, no estado e no país.

Os 27 vencedores da etapa estadual, um por cada Unidade Federativa, estarão automaticamente inscritos na etapa nacional, a ser realizada em Brasília, e participarão do Projeto Jovem Senador, uma simulação de como é o processo de criação de leis no nosso país.

Além disso, os finalistas serão premiados com notebook, medalha, certificado e publicação da sua redação no livreto produzido pelo Senado Federal. As escolas dos finalistas também serão premiadas.

Inscrições - Para participar basta que a escola envie a redação escolhida para representá-la, manuscrita na folha com a logomarca do Concurso, à Secretaria de Educação, juntamente com o formulário de inscrição, até o dia 30 de setembro de 2011. Podem participar do concurso alunos de todas as escolas públicas estaduais e do Distrito Federal que estejam cursando o 2º ou 3º ano do Ensino Médio e tenham idade de 16 a 19 anos.  Caso você tenha esse perfil, converse com seus professores. A faixa etária de 16 a 19 anos considera a idade até o dia 21/10/2011.



Premiação -Os autores das 27 redações escolhidas para representar as unidades da Federação viajarão à Brasília para participar do Projeto Jovem Senador.

Todos os finalistas serão premiados com notebooks, medalhas, certificados e a publicação da redação em um livreto produzido pelo Senado Federal. 

As escolas dos três primeiros lugares serão presenteadas com computadores, livros e DVDs para o acervo da instituição.

As Secretarias de Educação dos três primeiros colocados também ganharão livros produzidos pelo Senado Federal para compor seu acervo.

DESTAQUE

ESCOLA DJALMA BATISTA É CAMPEÃ DO ESTADUAL DE BASQUETE SUB-17

Em Tarauacá a população e as autoridades estão muito preocupadas com a onda de crimes e o crescimento de facções criminosas tendo como...

MAIS VISITADAS