sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Biografia do Tarauacaense Doutor Djalma da Cunha Batista (médico, escritor e cientista)


Natural de Tarauacá, Acre, Djalma era filho de Gualter Marques Batista, advogado e Francisca Aciolly da Cunha Batista.

Formado em 1939 pela Faculdade de Medicina da Bahia, onde foi o orador da turma da formatura, destacando-se já naquela época pelo seu enorme valor e capacidade. 

Sua dedicação à profissão deu-lhe o renome nos âmbitos médico e cientifico, além do reconhecimento como um dos últimos grandes humanistas da Amazônia.

Pai dedicado e de forte personalidade, casou-se com Gilda Limongi Batista, filha de imigrantes italianos. Teve 08 filhos: Gilma, Guater, Djalma, Marilena, Edith, José Roberto, Francisca e Claudio.

Fundou, em fevereiro de 1940, o Laboratório de Patologia Clínica Dr. Djalma Batista Ltda, o qual funciona até hoje sob a direção de seus filhos.

Eleito Presidente da Associação Médica do Amazonas em duas oportunidades: de 1953 a 1956 e de 1960 a 1961.

Com uma equipe de abnegados colegas de profissão, entre os quais destacaram-se Dr. Moura Tapajóz, Dr. Garcia Gomes, Dr. Luis Montenegro, Dr. Carlos Mello e Dr. Olavo das Neves, fundou o Dispensário Cardoso Fontes, especializado em Tisiologia (tuberculose) e o Sanatório Adriano Jorge.

De 1959 a 1968, foi fundador e Diretor do INPA (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), tendo sido criada, em 1995, a Fundação Djalma Batista, dentro daquela Instituição, na gestão do Dr. Lourenço Seixas.

Membro da Academia Amazonense de Letras e Presidente daquela Instituição em três biênios: 68-69, 70-71 e 72-73.

Após a sua morte, em 09 de agosto de 1979, Djalma Batista foi homenageado com a colocação de seu nome em uma das principais avenidas da cidade de Manaus, resultado de um projeto de autoria do então vereador Jair Cavalcante, médico e amigo de Djalma, o qual foi aprovado em Plenário na Câmara Municipal de Manaus, por unanimidade.

Ainda em 1979, foi homenageado com a Escola Técnica Djalma Batista, prestada pelo então Governador do Estado do Amazonas, Prof. José Lindoso.

Na cidade de Rio Branco-Acre, em 1981, foi homenageado com a colocação de seu nome em um dos pavilhões científicos da Universidade Federal do Acre.

Em 02 de outubro de 1980 no município de Tarauacá, através do Decreto Governamental nº 157, autorizada pela Portaria nº 230 de novembro de 1981, de SEC, foi criado a Escola de Ensino Médio Dr. Djalma da Cunha Batista em homenagem ao seu ilustre filho. 

O médico e escritor Djalma da Cunha Batista nasceu em Tarauacá (AC), no dia 20 de Fevereiro de 1916, e faleceu em Manaus (AM), em 20 de agosto de 1979. Era filho de Gualter Marques Batista, escrivão em Tarauacá, e Francisca Acioli da Cunha Batista. 

Casou-se com Gilda Lomongi Batista. Entre seus filhos, encontra-se o renomado cineasta Djalma Limongi Batista. 

Fez o curso primário no grupo escolar João Ribeiro e no Colégio São José, em Tarauacá. 

Cursou o secundário no Colégio Dom Bosco, em Manaus (1929-1933), e medicina na Faculdade da Bahia (1934-1939). 

Entre outras funções, foi presidente da Liga Amazonense contra a Tuberculose (1940-1950); Diretor do Departamento de Educação e Cultura do Amazonas no Governo Stanislau Affonso (1945-1946); Diretor da Associação Médica do Amazonas (1953-1956, 1960-1961); Diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (1959-1968); Presidente da Academia Amazonense de Letras (1968-1969, 1970-1971, 1972-1973). Entre outros trabalhos, escreveu: Letras da Amazônia (1938); Cultura Amazônica (1955); da Habitalidade da Amazônia (1965); O Complexo da Amazônia (1976), sua obra magna. 

Djalma foi um homem de ciência, da saúde e das letras que deixou uma contribuição indelével à história recente da Amazônia,  médico, escritor e cientista. 

DADOS PESSOAIS

Nascido em 20 de Fevereiro de 1916, em Tarauacá, Acre.

Filho de Gualter Marques Batista e Francisca Acioli da Cunha Batista.

Casado com Gilda Lomongi Batista.


FORMAÇÃO

1. Curso primário no Grupo Escolar João Ribeiro e no Colégio São José, em Tarauacá, Acre.

2. Curso secundário no Colégio Dom Bosco, em Manaus (1929-1933).

3. Curso médico na Faculdade da Bahia (1934-1939).


VIDA UNIVERSITÁRIA

1. Interno no Sanatório São Jorge, da Caixa de Aposentadoria e Pensões dos Ferroviários do Leste Brasileiro, Bahia (1936-1938).

2. Interno, por concurso de provas, da 1.a Cadeira de Clínicas Médica da Faculdade de Medicina da Bahia (Serviço do Prof. Armando Sampaio Tavares) – (1939).

3. Assistente do Laboratório de Pesquisas Clínicas do Prof. Jorge Leocádio de Oliveira, Bahia (1939).

4. Orador oficial da Sociedade Acadêmica Alfredo Brito (1938).

5. Orador da turma de médicos de 1939.


fontes: 
BATISTA, Djalma da Cunha. O Complexo da Amazônia: análise do processo de desenvolvimento. Rio de Janeiro: Conquista, 1976. p.13
Blog Alma Acreana

ESCOLA RECEBE SECRETÁRIO DE ESTADO SIBÁ MACHADO


Nesta quinta feira, 19 de outubro, O Secretário de Estado de Desenvolvimento da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens) do Governo do Acre, Sibá Machado, esteve visitando a Escola Djalma Batista, onde na oportunidade conversou com estudantes do turno da tarde sobre inovação tecnológica, avanços na forma de produção de energia, profissões do futuro e internet.


No final da palestra o secretário propôs um desafio aos estudantes na área de língua portuguesa. Cada um interessado deverá produzir um texto (redação) com os seguintes temas. 

Para alunos do 1ª ano - "A vida de Djalma da Cunha Batista ";
Para alunos do 2ª ano - "A inovação - As profissões do futuro e o futuro das profissões"; 

Os alunos concorrerão a uma premiação que será destinada à escola no dia 13 de novembro. 

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

TARAUACÁ: CONVITE AOS PAIS DOS ALUNOS DO TERCEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO


Estado do Acre
Secretaria de Estado de Educação e Esporte
Departamento de Ensino Médio
Escola “Dr. Djalma da Cunha Batista”


CONVITE

Mesmo parecendo um lugar comum aludir à necessidade que temos de estabelecer o diálogo entre escola e família, o processo educativo no qual estamos envolvidos cujo objetivo é a formação do jovem, reforça a cada dia essa necessidade, de forma que o que pode parecer comum se torna essencial.


Neste sentido, o diretor da Escola de Ensino Médio Djalma da Cunha Batista tem a honra de convidar os senhores pais ou responsáveis de alunos dos 3º anos para participarem de uma importante reunião onde abordaremos sobre o rendimento escolar de vossos filhos.

Lembramos que estamos realizando as reuniões por série. Portanto, fiquem atentos para à escola no dia da reunião referente à série que o seu filho (a) cursa.

DATA: 23/10/2016 – Segunda – feira.
HORÁRIO: Turno Matutino: 10h30min.
LOCAL: Escola Djalma da Cunha Batista.


Atenciosamente
Jose Ivonaldo Benigno Gomes
Diretor


Escola “Dr. Djalma da Cunha Batista”
Rua Epaminondas Jácome, 1500 Centro / Cep: 69970-000
Tarauacá-Acre
Fone: 3462-1894

domingo, 15 de outubro de 2017

MENSAGEM DO DIRETOR JOSÉ IVONALDO POR OCASIÃO DO DIA DOS PROFESSORES


"Ser professor é professar a fé e a certeza de que tudo terá valido a pena se o aluno se sentir feliz pelo que aprendeu com você e pelo que ele lhe ensinou...
Ser professor é consumir horas e horas pensando em cada detalhe daquela aula, que mesmo ocorrendo todos os dias, é sempre única e original...

Ser professor é entrar cansado numa sala de aula e, diante da reação da turma, transformar o cansaço numa aventura maravilhosa de ensinar e aprender...

Ser professor é importar-se com o outro numa dimensão de quem cultiva uma planta muito rara que necessita de atenção, amor e cuidado...

Ser professor é ter a capacidade de "sair de cena, sem sair do espetáculo".

Ser professor é apontar caminhos, mas deixar que o aluno caminhe
com seus próprios pés..."

Feliz dia dos Professores

Professor Ivonaldo

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

OFICINA DE MUSICA ENSINA ESTUDANTES A ARTE DE TOCAR VIOLÃO.


Já tiveram início na Escola Estadual de Ensino Médio Djalma da Cunha Batista, as aulas de música no segmento violão, ministradas pelo professor Raimundo Accioly e destinadas aos estudantes dos três turnos.


No período da tarde as aulas são para estudantes da manhã e noite, iniciam às  14 horas e encerram as 15. Já no período da noite, são para alunos da tarde, com início às 19 e encerramento às 20 horas.


Objetivo é promover atividades de formação cultural nos contra turnos para contribuir com com boas práticas na vida dos jovens. Professores e servidores administrativos da escola interessados poderão também se inscrever na oficina.















 












terça-feira, 3 de outubro de 2017

ESCOLA DJALMA BATISTA COMEMORA SEGUNDO LUGAR NO PRÊMIO ESTADUAL DE GESTÃO ESCOLAR.


A Equipe do compostas peço diretor Ivonaldo Benigno, professores, servidores administrativos e estudantes da Escola Djalma Batista acompanhou na manhã desta terça feira no auditório da Secretaria Estadual de Educação -SEE em Rio Branco, a solenidade de premiação da fase estadual do Prêmio de Gestão Escolar.; 

Para alegria de todos  a Escola Djalma Batista foi classificada em segundo lugar no Estado do acre e recebeu um prêmio no Valor de R$7.500, 00 (sete mil e quinhentos reais). além desse prêmio a escola recebeu também a premiação pelo concurso de blog também na segunda colocação estadual. 

A premiação total é de total é de R$ 42,5 mil, sendo os R$ 10 mil destinados ao primeiro lugar foram para a Escola Valério caldas de Cruzeiro do Sul (EJA), além de abono de 20% no salário dos servidores lotados na escola no mês subsequente ao prêmio. Para o 2º lugar, R$ 7,5 mil, para o 3º lugar, R$ 5 mil e do 4° ao 10° lugar e R$ 3 mil. Ressalta-se ainda que o gestor da escola campeã também nesta fase estadual tem direito a participar de um intercâmbio nacional ou internacional.

As dez instituições de ensino foram classificadas por serem consideradas referência em gestão escolar, em 2017. Os municípios de Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Porto Acre foram os que mais classificaram suas escolas, duas de cada cidade. Rio Branco só teve uma eleita para a final.

São parceiras do Prêmio de Gestão Escolar instituições como a própria SEE e a União Nacional dos Dirigentes Municipais, além da Universidade Federal do Acre, sindicatos e movimentos estudantis e a União dos Conselhos Municipais de Educação.

domingo, 1 de outubro de 2017

ESTUDANTES PRATICAM ESPORTE NA ESCOLA DJALMA BATISTA EM PLENO SÁBADO


Professores de Educação Física da Djalma Batista, Neto Moura, Luiz Carlos e Carlinhos Aragão,  promoveram atividades esportivas neste sábado para estudantes da escola. Futsal para as meninas e para os meninos com um torneio inter-salas. 


Mesmo sendo realizado o festival do abacaxi onde shows musicais se estendem até a madrugada, os estudantes compareceram em bom número e  "povoaram" a quadra de esportes da escola essa gloriosa e saudável atividade que educa o corpo e a mente da nossa juventude.  

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

OFICINA DE VIOLÃO INICIA NA PRÓXIMA SEGUNDA FEIRA NA ESCOLA DJALMA BATISTA

Aulas iniciam na segunda feira
Na próxima segunda feira, inicia-se mais uma ação promovida pela Gestão do Professor Ivonaldo Benigno com objetivo de melhorar cada vez mais o desenvolvimento intelectual dos estudantes da Escola Djalma Batista. Professores e servidores interessados também poderão participar. 

Oficina será realizada na escola

Trata-se  de uma oficina de música na modalidade violão, que será destinada aos estudantes dos 3 turnos. O professor Raimundo Accioly é o responsável pela ação.  

Professora Tamayra é uma das inscritas no curso
A escola dispõe de violões adquiridos há vários anos através do Projeto Ensino Médio Inovador, e agora vai utilizá-los. 

Reunião 
Nesta sexta feira, foram realizadas as reuniões com os alunos para a definição das datas e dos horários. As aulas acontecerão nas segundas, terças e sextas feiras, nos horários de 14 as 16 e 19 às 21 horas. 

Estudantes do turno da tarde 
Alunos do turno da manhã estudarão à tarde e à noite, alunos da tarde estudarão à noite e, os da noite, estudarão a tarde. 

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

SETEMBRO AMARELO NA ESCOLA DJALMA BATISTA: CAMPANHA DE PREVENÇÃO AO SUICÍDIO E VALORIZAÇÃO DA VIDA

Professores e estudantes na campanha  setembro Amarelo
A Escola de Ensino Médio Djalma Batistas também colaborou com a campanha "Setembro Amarelo". Uma mobilização nacional com objetivo de chamar a atenção da sociedade para o grande numero de suicídios que acontecem no país.

Palestras
Palestras no auditório da escola promovidas pela Psicóloga Laura Pontes e equipe do Hospital Sansão Gomes, debates nas salas de aula e campanha de rua com professores e estudantes foram algumas das atividades realizadas. 

Estudantes e professores nas ruas
Na noite de sexta feira (22), alunos do 3° anos do Ensino Médio Djalma Batista e a participação muito especial do Wesley Castro, realizaram pinturas no asfalto numa área de grande movimentação localizada no centro da cidade, em frente ao Banco do Brasil. 


Professores e Alunos fazem o alerta contra o suicídio

No final da tarde de sábado (23), os estudantes e os professores foram para o semáforo com cartazes e o lacinho que representa a campanha, chamar a atenção de motoristas e pedestres que passavam no local. Cada vez que o sinal fechava os estudantes ocupavam a faixa de pedestres. Enquanto um grupo segurava cartazes, outro entregava panfletos e o lacinho da campanha. 

Professora Márcia Mourão empunha um cartaz com mensagem de valorização da vida.
A professora Márcia Mourão, uma das organizadoras da ação, disse que estava muito alegre e satisfeita com a campanha e a participação dos alunos. "O mês de setembro é dedicado para alertar a população a respeito da realidade do suicídio e as formas de prevenção. Não fique sozinho, converse, não desista de você. Obrigada aos meus queridos alunos por estar abraçando esse projeto. Todos pela vida. E aos professores Damião Santos, Edilene Gomes, Ramon Prest e todos que ajudaram", disse a professora. 

No final todos soltaram baloes amarelos simbolizando o a valorização da vida.

domingo, 24 de setembro de 2017

AULA DE SÁBADO NA DJALMA BATISTA COM JOGOS EDUCATIVOS, ATIVIDADES CULTURAIS E ESPORTIVAS

Jogos aconteceram no pátio da escola
A aula de sábado na Djalma Batista foi pensada para que estudantes, professores e servidores do quadro administrativos, já cansados das atividades da semana, pudessem desenvolver ações que que conciliassem descontração e aprendizado. Foi então que a equipe gestora e professores da escola pensaram em jogos educativos, atividades culturais e esportivas. 

Professora Márcia Mourão no Karaokê
No último sábado (23 de setembro), todos participaram jogando dama, baralho e xadrez. Na quadra de esportes, o voleibol. Na sala da cultura, a disputa se deu no concurso de karaokê, que garantiu a participação de dezenas de estudantes. A rádio escola produzia o som ambiente.

Diretor  participando das atividades 
De acordo com o diretor Professor José Ivonaldo são aulas diferenciadas nas diversas disciplinas que fazem parte do currículo. "São 6 sábados onde serão trabalhados projetos escolares que incluem os jogos matemáticos e as ações de leitura, através do ensino médio inovador como produção e fruição das artes, mundo do trabalho, criação cientifica. Alunos ajudando os professores com seu saber e os professores ajudando os alunos a saber fazer. Ações que envolvem alunos, monitores e professores envolvidos" destacou. No próximo sábado, deverá ser trabalhado serão realizados jogos na quadra da escola.

DESTAQUE

Biografia do Tarauacaense Doutor Djalma da Cunha Batista (médico, escritor e cientista)

Natural de Tarauacá, Acre, Djalma era filho de Gualter Marques Batista, advogado e Francisca Aciolly da Cunha Batista. Formado em ...

MAIS VISITADAS