CULMINÂNCIA DO PROJETO DE LEITURA "PENSO, LOGO ESCREVO."




A prática de ensino/aprendizagem no que se refere à escrita, ainda é reconhecida como difícil, complexa, trabalhosa e desinteressante para muitos membros da comunidade estudantil, principalmente para o educando, que se sente desafiado, temeroso e incapaz quando a atividade é direcionada à produção textual em sala de aula.
Partindo dessa reflexão, a Escola de Ensino Médio Dr. Djalma da Cunha Batista acredita que para se viver em sociedade hoje, é preciso muito mais que o simples conhecimento sobre as diversas disciplinas. É necessário fazer a articulação desse conhecimento com o cotidiano, desenvolver a capacidade criativa dos alunos, estimulando o raciocínio lógico e contribuindo para uma educação voltada à interação social na busca pela formação integral do cidadão.
Nesse sentido, é importante que o professor esteja atento para que o ensino da Língua Portuguesa proporcione ao aluno o domínio real da linguagem escrita, para que estes saibam usá-la de modo efetivo em diversos contextos sociais e, sobretudo como forma de interação social, uma vez que a linguagem se faz pela interação comunicativa entre interlocutores.
Diante disso, os professores de Língua Portuguesa pretendem desenvolver o Projeto “Penso, logo escrevo”, com o intuito de privilegiar nas atividades de sala de aula, a diversidade textual, onde o aluno terá a oportunidade de ser o locutor desses textos, escolhendo estratégias adequadas, conforme suas necessidades para a escrita.
O projeto em questão permite ao aluno ser sujeito do seu discurso, interagindo por meio de seus textos, e utilizando a escrita como uma prática social em suas diferentes situações de uso. Neste caso, é necessário que o professor passe a olhar a produção escrita do aluno não à procura de “erros”, mas buscando ver o significado e as formas de construção desse significado.
             Portanto, os alunos, os professores, a equipe gestora e toda a sociedade em geral, precisam ter a consciência de que a produção textual é a possibilidade de uma comunicação verbal que, se levada a efeito com competência, é eficaz para as transformações sociais e certamente possibilitará aos discentes mecanismos evolutivos em sua vida estudantil e na sociedade.






Comentários

MAIS ACESSADAS

Professora de Biologia ministra aula prática com ervas medicinais

EM AULA DE FILOSOFIA, ESTUDANTES DA DJALMA BATISTA DEBATEM REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

AULAS DA ESCOLA DJALMA BATISTA SÓ RETORNAM DIA 14 DE AGOSTO