sábado, 11 de junho de 2011

Sexualidade Sem Fronteiras: PEEM desenvolve projeto na Escola de Ensino Médio


A vida escolar de muitos estudantes às vezes é interrompida por fatores como trabalho e problemas familiares. Falta de estímulo e idade avançada são alguns dos motivos que levam esses jovens a não voltarem à sala de aula. No Acre, os programas de aceleração Poronga e Programa Especial do Ensino Médio - Peem Poronga são desenvolvidos pela Secretaria de Estado de Educação (SEE) em parceria com a Fundação Roberto Marinho.

Entre os vários motivos que fazem do programa Peem Poronga um sucesso de aprovação - em média 98% - está a maneira como o professor trabalha em sala de aula as disciplinas ministradas. O uso das novas tecnologias e a constante interação aluno/professor proporcionam um ambiente diferenciado e estimulante. Nas aulas, o conhecimento prévio do aluno é tão importante quanto os assuntos obrigatórios.

Na última seta feira (10 de junho) estudantes, professores e coordenadores do programa em Tarauacá em parceria com a Escola Djalma Batista, realizaram uma importante atividade através do Projeto SEXUALIDADE SEM FRONTEIRAS - "eu previno, tu prevines, ele previne..." Na programação tivemos palestras sobre o tema, apresentações culturais, distribuição de panfletos educativos e preservativos.

Uma Equipe da Secretaria Municipal de Saúde esteve presentes ministrando várias palestras e distribuindo material.

A professora Terezinha Quirino, responsável pelo programa em Tarauacá e coordenadora do projeto, disse que o objetivo a idéia é formar novos conceitos sobre a sexualidade, lutar contra doenças, quebrar tabus, crendices e promover mudanças de comportamento entre os adolescentes, jovens e adultos.
































Nenhum comentário:

DESTAQUE

ESCOLA DJALMA BATISTA IRÁ PROMOVER AULAS DE VIOLÃO PARA SEUS ESTUDANTES

A Escola Estadual de Ensino Médio Djalma Batista do município de Tarauacá, irá promover aulas de violão para seus estudantes ainda no ...

MAIS VISITADAS