Em Brasília, Jesus reivindica instalação de orelhões na zona rural da Regional Tarauacá/Envira

Em Brasília, Jesus reivindica instalação de orelhões na zona rural da Regional Tarauacá/Envira

ASSESSORIA - Desde o começo do ano, o deputado Jesus Sérgio (PDT/AC) recebeu uma reivindicação para instalação de telefones públicos na zona rural de Tarauacá. Apesar dos esforços, o parlamentar não obteve resposta por parte dos gestores da companhia telefônica Oi, em Rio Branco (AC). 

Para dar cumprimento a revindicação da população, Jesus Sérgio foi à Brasília (DF) e, com a ajuda do Senador Gladson Cameli (PP/AC), reivindicou a instalação dos orelhões em toda a zona rural da Regional Tarauacá/Envira. O parlamentar foi recebido pelo diretor de Relações Institucionais da Oi, Marcos Augusto Mesquita Coelho. 

A reunião ocorreu na manhã desta quarta-feira, 24, no gabinete do senador Gladson Cameli, que também reivindicou melhorias nos serviços de telefonia e banda larga no Acre para a mesma regional. O deputado estadual Heitor Junior (PDT/AC) também participou da reunião.

Jesus Sérgio apresentou Ofício N. 30/2016 ao representante da Oi, que se comprometeu a atender a reivindicação. Marcos Augusto destacou que a instalação dos orelhões é um dever da companhia, em cumprimento ao Decreto 7. 512, que estabelece a universalização do serviço de Telefonia, no regime Público. 

"A reunião foi muito proveitosa. O diretor da Oi se comprometeu a realizar um levantamento minucioso das comunidades que estão desassistidas. Não é admissível que milhares de ribeirinhos e suas famílias fiquem entregues ao descaso e ao isolamento, sem qualquer comunicação. Muitos, em alguns casos, sofrem sem ter como acionar sequer socorro em casos de urgência, pela ausência de um simples telefone público", ressaltou Jesus Sérgio ao agradecer a importante contribuição do senador em articular a agenda, em Brasília.

Comentários

MAIS ACESSADAS

Professora de Biologia ministra aula prática com ervas medicinais

EM AULA DE FILOSOFIA, ESTUDANTES DA DJALMA BATISTA DEBATEM REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

AULAS DA ESCOLA DJALMA BATISTA SÓ RETORNAM DIA 14 DE AGOSTO